Cada Dia

17 de Setembro de 2014

AMOR DE DEUS PAI PELO DEUS FILHO


“Eu lhes fiz conhecer o teu nome e ainda o farei conhecer, a fim de que o amor com que me amaste esteja neles...” 
Jo 17.26


Devemos amar o nosso próximo como a nós. Devemos amar os nossos irmãos como Cristo nos amou. Devemos nos amar uns aos outros assim como o Pai ama o Filho. Há, aqui, três graus de amor. O nosso amor ao próximo, o amor de Cristo por nós e o amor de Deus Pai pelo Deus Filho. Nós podemos experimentar esse três graus do amor. A Escritura nos ordena amar a Deus sobre todas as coisas e amar o nosso próximo como a nós mesmos.

Jesus nos deu um novo mandamento, onde nos ordena a amar uns aos outros assim como ele nos amou. A Escritura diz: “Nisto conhecemos o amor: que Cristo deu a sua vida por nós; e devemos dar nossa vida pelos irmãos” (1Jo 3.16). Agora, Jesus está orando ao Pai, rogando que o mesmo amor com que o Pai ama o Filho seja experimentado por nós. Que tipo de amor é esse? Certamente jamais existiu entre as pessoas da Trindade (Pai, Filho e Espírito Santo) qualquer tensão. Nunca houve inveja nem competição.

As três pessoas se relacionam na mais perfeita harmonia, regidos pelo mais puro amor. Nessa oração, conhecida como oração sacerdotal, Jesus intercede não pelo mundo, mas pela igreja e, nessa oração por unidade, o Filho roga ao Pai para que seus discípulos desfrutem dessa mesma harmonia regada pelo amor unificador que há entre as pessoas da Trindade.

Referência para leitura: Jo 17.1-26