Cada Dia

22 de Agosto de 2014

ATÉ AOS CONFINS DA TERRA


“... e sereis minhas testemunhas tanto em Jerusalém como em toda a Judeia e Samaria e até aos confins da terra”
At 1.8


O propósito de Deus é que a igreja pregue o evangelho a toda criatura e faça discípulos em todas as nações, sendo testemunha de Cristo até aos confins da terra. Jesus, o Cordeiro de Deus, morreu pelos nossos pecados e comprou com o seu sangue aqueles que procedem de toda tribo, língua, povo e nação. Sua morte não apenas possibilitou a salvação. Ele nos comprou com o seu sangue. Sua morte foi vicária, ou seja, substitutiva. Jesus morreu pela sua igreja. Ele deu sua vida pelas suas ovelhas.

Agora, essa notícia precisa ser proclamada com urgência, no poder do Espírito Santo, a todos os povos da terra, em todos os lugares, em todos os tempos. Há ainda muitas etnias inalcançadas. Há muitos povos que ainda nunca ouviram as boas-novas da salvação. Mais de oitenta por cento do esforço missionário da igreja é endereçado aos povos já alcançados. Há milhares de etnias que não têm sequer um versículo da Bíblia traduzido para seu idioma e nunca receberam um missionário.

Se a nossa visão missionária não engloba o mundo inteiro, ainda não temos a visão de Deus. A obra missionária não é primeiro aqui em nossa Jerusalém e, depois, em nossa região, Judeia, e, mais tarde entre nossos vizinhos próximos, Samaria, e só então, aos confins da terra. A obra missionária deve ser realizada aqui, ali e além fronteiras ao mesmo tempo.

Referência para leitura: Atos 1.1-26