Cada Dia

29 de Julho de 2014

A ESPIRITUALIDADE DE JESUS



“... mas Jesus repreendeu o espírito imundo, 
curou o menino e o entregou a seu pai.”
Lc 9.42


Jesus sempre nos ensinou a viver de forma arrojada e atuante. É só ler o evangelho de Marcos que vamos encontrar um Jesus sempre em ação e em atividade. O tempo é muito curto para cruzarmos os braços, esperando que as coisas aconteçam no automático. Jesus está realizando a obra do Pai em todo o tempo. Ele mesmo disse: “A minha comida consiste em fazer a vontade do meu Pai que me enviou.” Jesus morreu de braços abertos, num gesto de grande amor aos pecadores.

Diante desse amor, não podemos ser passivos; devemos ser ativos e atuantes. Mesmo que ele nos leve para junto das águas de descanso, não podemos ser passivos. Devemos arregaçar as mangas, abrir nossas mãos para socorrer os aflitos e colocar nossos pés na estrada que nos conduzirá aos necessitados para assisti-los e socorrê-los.

É preciso buscar vida santa e também causar impacto no mundo, pregando o evangelho tanto aos ouvidos como aos olhos, servindo ao próximo, nesta geração que carece desesperadamente da palavra de Deus e do testemunho dos filhos de Deus. Não podemos viver contemplativamente no monte, acomodados e tranquilos, como se a vida com Jesus fosse um permanente êxtase. É preciso descer do monte, sair da nossa zona de conforto e anunciar o evangelho de Cristo aos corações aflitos.


Referência para leitura: Lucas 9.1-62