Cada Dia

16 de Setembro de 2014

O MAIOR AMOR


“Ninguém tem maior amor do que este: de dar alguém a própria vida em favor dos seus amigos” 
Jo 15.13


Jesus estava em Jerusalém com seus discípulos. Era a festa da Páscoa. Aquela festa era a alegria dos judeus e o terror dos romanos. A cidade quintuplicava a sua população e o medo de tumultos era grande. Jesus já havia entrado triunfalmente na cidade, porém, ao vê-la Jesus chorou por saber que Jerusalém não havia aproveitado o tempo de sua visitação. Agora, Jesus se reúne com seus discípulos no cenáculo. Lava-lhes os pés. Judas, movido pela ganância e dominado pelo diabo, levanta-se da mesa para trair Jesus.

É nesse contexto, de profunda dor, que Jesus diz a seus discípulos que daria sua vida por eles. O amor de Jesus não é apenas de palavras, mas, sobretudo, de entrega. Ele não apenas verbalizou seu amor por nós, mas esculpiu-o na cruz. Seu amor é incomparável. Ele nos amou e veio até nós. Ele nos amou e habitou entre nós. Ele nos amou e se tornou servo e servo de todos entre nós. Ele nos amou e a si mesmo se entregou por nós.

Ele nos amou e deu sua vida por nós. Sua morte por nós foi a avalista de suas palavras. Jesus não morreu apenas porque Judas o traiu por ganância, ou porque os sacerdotes o sentenciaram por inveja nem mesmo porque Pilatos o condenou por covardia. Jesus morreu por amor a você e a mim. Seu amor é incomparável. Você já se rendeu a esse amor?

Referência para leitura: Jo 15.1-27