Cada Dia

21 de Outubro de 2014

UMA ESCOLHA NECESSÁRIA


“Vê que proponho, hoje, a vida e o bem, a morte e o mal”
Dt 30.15


A vida é feita de escolhas. Somos escravos da nossa liberdade. Não podemos deixar de decidir. Até a indecisão é uma decisão, a decisão de não decidir. Quem não é por Cristo, é contra Cristo. Quem com ele não ajunta, espalha. Moisés, no final de sua vida, fez um desafio solene ao povo, no limiar da Terra Prometida: “Eis que coloco diante de ti a vida e a morte, a bênção e a maldição; escolhe a vida para que vivas tu e a tua descendência”. Porque a vida é feita de escolhas, não podemos deixar de tomar decisões. Não podemos ficar neutros nem em cima do muro. Somos obrigados a decidir.

Se nos recusarmos a tomar uma decisão, seremos esmagados pela realidade de que a própria indecisão é uma decisão, a decisão de não decidir. Quem não se decide pela vida, decide-se pela morte. Estamos nessa encruzilhada. Colocaremos nossos pés no caminho da vida e da bênção ou no atalho da morte e da maldição. Andaremos pelo caminho estreito que conduz à vida ou pelo caminho largo que conduz à perdição.

Entraremos pela porta estreita da absolvição ou pela porta larga da condenação. Qual é a sua escolha? Qual é a sua decisão? Hoje é o dia da decisão! A vida e a morte estão diante de você. Escolha a vida, para que você e sua descendência vivam agora e eternamente.

Referência para leitura: Deuteronômio 30.1-20