Cada Dia

23 de Outubro de 2014

ALVO MAIS QUE A NEVE


“...ainda que os vossos pecados sejam como a escarlata, eles se tornarão brancos como a neve...”
Is 1.18


Visito todos os anos o Canadá, no período do inverno, para pregar a palavra de Deus. Nesse tempo, boa parte do país está coberto de neve. O cenário parece mais um lençol branco estendido sobre montanhas e vales. O branco da neve é tão intenso que, quando os raios do sol beijam a superfície, ofuscam nossos olhos. O profeta Isaías diz que, assim como a neve é branca e a lã é alva, da mesma forma, Deus faz com os nossos pecados. Mesmo que sejam rubros como a escarlata, Deus os torna como a neve.

Não podemos nos livrar das nossa iniquidades. Não podemos purificar nosso próprio coração da mancha do pecado. Não podemos apagar a sujeira do nosso pecado, assim como um etíope não pode mudar sua pele nem um leopardo suas manchas. Nenhum rito religioso pode cancelar nossos pecados. Nenhum sacrifício pessoal pode aliviar nossa consciência.

Nenhuma igreja pode declarar você perdoado. Só Deus perdoa pecados. Somente o sangue de Jesus, o Filho de Deus, nos lava de todo o pecado e nos purifica de toda a injustiça. Deus perdoa os nossos pecados e deles não mais se lembra. Deus desfaz nossos pecados como a névoa. Deus lança nossos pecados para trás de suas costas. Deus joga nossos pecados nas profundezas do mar e depois coloca a placa: É proibido pescar aqui!

Referência para leitura: Isaías 1.1-31