Cada Dia

07 de Março de 2015

O PODER DO EVANGELHO


“Pois não me envergonho do evangelho, porque é o poder de Deus para a salvação de todo aquele que crê...”
Rm 1.16


A carta de Paulo aos Romanos é o evangelho comentado, o maior tratado de teologia das Escrituras, a cordilheira do Himalaia de toda a revelação bíblica. Com relação ao evangelho, Paulo se sente devedor, está pronto e não se envergonha. Mas, por que Paulo poderia se envergonhar do evangelho? Muitos judeus e gentios desprezaram o evangelho por causa da cruz. A cruz é escândalo para uns e loucura para outros. Porém, o evangelho, longe de ser um sinal de fraqueza, é o poder de Deus para a salvação.

Não é um poder destruidor, mas o único poder que pode quebrar os grilhões do pecado e dar ao homem a salvação. Não há esperança para o mundo fora do evangelho, nem vida eterna sem ele. A solução do mundo não está nas ideologias políticas nem nas plataformas sociais. O problema essencial do homem não pode ser resolvido pela psicologia de autoajuda nem pelo ritos religiosos. Só o evangelho da graça, que proclama Cristo, e este crucificado, pode dar ao homem esperança.

O evangelho é o poder de Deus para a salvação de todos os homens sem acepção, mas não sem exceção. Os incrédulos e todos aqueles que se mantêm rebeldes contra o Filho de Deus, não serão salvos. O evangelho é o poder de Deus para a salvação de todos aqueles que creem e só para aqueles que creem.

Referência para leitura: Romanos 1.14-17