Cada Dia

29 de Março de 2015

LÁBIOS E CORAÇÕES SINTONIZADOS


“As palavras dos meus lábios e o meditar do meu coração sejam agradáveis na tua presença...”
Sl 19.14


O Salmo 19 é uma joia preciosa do saltério. Trata da revelação natural de Deus, do esplendor do universo e da revelação especial, as sagradas Escrituras. A revelação natural é dirigida aos olhos e a revelação especial aos ouvidos. Deus mostra seu poder e sua glória nas obras da criação e revela seu amor e sua graça na sua santa palavra. A criação descortina um espetáculo constante diante dos nossos olhos e a palavra revela uma história de redenção ao nosso coração. Diante da majestosa revelação de Deus, tanto em suas obras como em sua palavra, o rei Davi expressa seu mais profundo anelo, que as palavras de seus lábios e o meditar do seu coração sejam agradáveis na presença de Deus, sua rocha e seu redentor.

Os lábios falam do que está cheio o coração. Se o nosso coração estiver reto diante de Deus, de nossos lábios brotarão palavras de vida. É o meditar do coração, alimentado pela palavra de Deus, que produz palavras agradáveis a Deus. Quando alimentamos nosso coração com a verdade, nossos lábios promanam palavras que edificam. Só na presença de Deus, nossa rocha e nosso redentor, poderemos ter corações limpos e lábios puros. Só quando temos comunhão com Deus, poderemos viver em paz com nós mesmos e sermos bênção para o nosso próximo.

Referência para leitura: Salmo 19.1-14